Conheça os benefícios da biotecnologia na agricultura

3 minutos para ler

Ao longo do tempo, evoluções tecnológicas transformaram a produção agrícola. Boa parte desses avanços está relacionada à biotecnologia. Trata-se de um conjunto de técnicas para a manipulação de micro-organismos com o objetivo de obter produtos específicos ou modificados. A biotecnologia na agricultura leva mais eficiência e segurança para a lavoura.

Visando aumentar a produtividade, o uso dessas tecnologias no meio agrícola colabora para melhorar a qualidade das plantas e aumentar o valor nutritivo dos alimentos. Além disso, cria espécies mais resistentes a agrotóxicos e pragas. Ela também desenvolve tipos adaptáveis às diferentes variedades de clima e solo.

Neste post, vamos falar sobre os benefícios da utilização desses recursos e como colocá-los em prática. Continue a leitura!

A agricultura antes das inovações

Antes das inovações tecnológicas, a agricultura contava com técnicas tradicionais que manipulam organismos vivos sem modificação genética direta. Com o advento de novas técnicas, a biotecnologia se juntou à agricultura para reduzir a dependência das máquinas e dos produtos químicos, ajudando no controle de pragas e doenças. Além de ser uma forma de cultivo mais sustentável e segura, ela colabora para a produção de alimentos de maior qualidade.

Os benefícios da biotecnologia na agricultura

Muitos benefícios são oferecidos pelo uso da biotecnologia na agricultura. Com a utilização desse recurso, é possível reduzir custos e perdas nas colheitas, já que os produtos amadurecem mais lentamente que os tradicionais. Além do mais, ela possibilita o uso mais eficiente da terra, diminuindo possíveis danos.

O uso da biotecnologia na agricultura também aumenta a produtividade de forma sustentável, contribuindo para a preservação da natureza e da biodiversidade de espécies locais.

Combate a pragas e a doenças

Um dos grandes gargalos das plantações sempre foi a proliferação de pragas e doenças. A agricultura se junta à biotecnologia, justamente, para reduzir as perdas causadas por esses problemas e aumentar a produtividade da lavoura. Espécies tolerantes a herbicidas e insetos já foram desenvolvidas por meio dessas técnicas.

Controle por sementes transgênicas

As sementes transgênicas são poderosas para o controle de pragas. Em plantações de milho, soja e algodão, elas são muito usadas para controlar lagartas e ervas daninhas de forma mais fácil, com baixo custo e sustentável. Com isso, a redução do uso de agrotóxicos e de venenos nos alimentos também preserva a saúde humana.

As variedades transgênicas favorecem a melhoria no cultivo e o aumento na qualidade e na quantidade dos produtos. Além disso, o melhoramento de plantas proporciona mais resistência, adequação aos desejos dos consumidores e aumento no valor agregado do produto, reforçando a renda dos agricultores e o crescimento econômico.

Portanto, é fundamental que o produtor conheça e entenda os benefícios da biotecnologia na agricultura. Assim, ele fará a manutenção adequada do solo e o manejo de pragas de forma mais eficiente e sustentável. Para colocá-la em prática, é necessário usar insumos que trabalhem junto ao solo e às plantas. Dessa forma, é possível aumentar a produção e melhorar o sistema de plantio e de colheita da lavoura.

Gostou deste artigo? Siga a FertiSystem no Facebook, no Instagram e no YouTube e acompanhe todas as notícias e novidades do meio agrícola! 

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-