Conheça os 5 principais EPIs utilizados na agricultura

3 minutos para ler

Em tempos de pandemia, todo cuidado é pouco para evitar a contaminação e propagação do vírus Covid-19. O uso de Equipamentos de Proteção Individual – EPIs na agricultura, para os profissionais que trabalham com cultivo e plantio de frutas, legumes e verduras, também é essencial nesta prevenção. Isso porque o contato com esses alimentos, se não for realizado adequadamente, pode colocar em risco a saúde humana.

Os EPIs previnem contra intoxicação e outros acidentes provocados pelo contato com produtos químicos, mas também contra a contaminação. Além das pessoas que trabalham diretamente com o manuseio dos produtos, é importante que todos que forem armazenar ou transportar estes alimentos também usem os equipamentos de proteção.

O uso destes equipamentos é obrigatório, regulamentado e previsto pelo Ministério do Trabalho. Neste post, vamos destacar a importância do uso dos EPIs, quais são, para que servem e quais normas devem ser seguidas. Confira!

Normas a serem seguidas

No trabalho agrícola, o principal motivo para o uso do EPIs é evitar o contato com produtos tóxicos como pesticidas e agrotóxicos. Assim, previne-se a intoxicação que pode acontecer pelo nariz, boca ou olhos causando problemas no sistema nervoso e, até câncer.

Além disso, no atual momento de pandemia que estamos vivendo, o uso de equipamentos de proteção individual se tornou ainda mais necessário para evitar a contaminação dos alimentos e a proliferação do vírus. Ademais, os EPIs também protegem contra possíveis cortes e perfurações.

É importante destacar que todo equipamento de proteção individual deve ter o Certificado de Aprovação (CA), emitido pelo Ministério do Trabalho, garantindo o cumprimento da NR 31. Esta norma atesta o nível de segurança dos equipamentos e atribui responsabilidades ao empregador e ao trabalhador rural.

Já a NR 11, regulamenta o transporte, movimentação, armazenamento e manuseio de materiais. Neste momento de pandemia, esta norma tem objetivo de preservar a saúde e integridade física do trabalhador.

Principais EPIs na agricultura

Cada EPI tem uma finalidade específica e cada agroquímico tem na sua bula ou rótulo as indicações sobre quais equipamentos usar. Os EPIs mais utilizados no campo são:

·      luvas com material resistente e impermeável. Elas devem ser usadas durante todo o tempo em que o produto for manuseando;

·      avental para proteger contra respingos e vazamentos;

·      viseira facial para proteção de olhos e rosto;

·      botas impermeáveis, de material resistente e cano alto para melhor proteção;

·      respiradores ou máscaras de proteção. Tem como objetivo evitar a respiração de partículas ou vapores tóxicos.

Cuidados para retirar os EPIs com segurança

Na hora de colocar e retirar os equipamentos de proteção individual alguns cuidados devem ser tomados, principalmente para retirar, já que estarão contaminados. Antes de remover, lave bem suas luvas, tire primeiro a viseira facial, em seguida avental, botas, luvas e respirador. Após esse procedimento, lave novamente as mãos.

Para garantir a eficiência destes EPIs na agricultura é importante que todos os equipamentos estejam em boa qualidade e sejam usados corretamente.

Gostou deste artigo? Quer receber conteúdo atualizado no seu e-mail? Assine a newsletter e acompanhe as novidades!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-