Segurança na lavoura: como fazer a correta prevenção de acidente?

3 minutos para ler

Quando o assunto é segurança na lavoura não se pode brincar, é algo sério e que precisa ser devidamente abordado na empresa. Existe uma série de riscos aos quais os profissionais do campo estão sujeitos, desde o trabalho manual até o manuseio de grandes maquinários.

Por essa razão, tomar medidas preventivas para que a segurança seja aprimorada é necessária. Medidas essas que podem prevenir pequenos incidentes ocasionados pela falta de preparo técnico, além de evitar custos com o reparo de equipamentos danificados pelo mau uso.

Neste post, falaremos um pouco mais a fundo sobre a segurança na lavoura, dando dicas de como garanti-la da melhor maneira possível. Boa leitura!

Ofereça os EPIs necessários

O primeiro passo para estabelecer uma boa segurança no ambiente de trabalho é o fornecimento dos EPIs necessários para que os funcionários exerçam suas funções em segurança. A qualidade dos equipamentos é algo que precisa ser considerada, aparelhos protetores de baixa qualidade podem comprometer sua eficiência.

Além de ser eticamente fundamental, o uso dos Equipamentos de Proteção Individual é requerido pela Norma Regulamentadora nº 6 (NR-06), que visa o atendimento da necessidade da utilização dos EPIs.

Invista na capacitação dos funcionários

O investimento na capacitação dos colaboradores da lavoura é uma iniciativa que gera inúmeros benefícios, desde melhorias nos resultados dos processos por conta do aumento de produtividade, que representa um ganho por se ter profissionais capacitados, até a prevenção de acidentes.

Um operador de máquinas agrícolas, por exemplo, precisa ser treinado para que exerça sua função, não só para que consiga aplicar todo o potencial do equipamento, mas para que também o opere em segurança. O déficit de mão de obra qualificada ainda é um dos grandes desafios do setor, e as empresas que driblam esse entrave sempre saem na vantagem.

Esteja sempre de acordo com as legislações

Assim como a NR-06 citada anteriormente, existem outras, como NR-31, PCMSO, PPRA e outras legislações que são focadas em regularizar uma cultura de segurança dentro do ambiente de trabalho, buscando evitar acidentes. Descumprir qualquer norma regulamentadora pode ocasionar multas e o embargo de equipamentos, além de deixar os funcionários sujeitos a acidentes.

Utilize a tecnologia a seu favor

O uso da tecnologia na lavoura vai muito além da mecanização. A agricultura de precisão, por exemplo, utiliza softwares responsáveis por melhorar a eficiência nas atividades do campo, além de diversas outras aplicações de softwares que ajudam a aferir dados mais complexos.

Já em relação à segurança, a tecnologia traz vantagens por meio do uso de programas que permitem o gerenciamento dos equipamentos a distância. Isso facilita muito o trabalho do supervisor, garantindo ainda mais segurança aos trabalhadores.

Seguindo esses tópicos, é possível introduzir de forma eficiente a cultura da segurança na sua lavoura. Podemos concluir que essa é uma questão de grande importância e que precisa ser levada a sério no ambiente de trabalho. Vale ressaltar também o uso da tecnologia para essa e para outras questões, destacando que as empresas que dominam melhor os avanços tecnológicos sempre se sobressaem.

Gostou do post sobre a segurança na lavoura? Temos outro artigo em que falamos sobre a importância da tecnologia na agricultura e sobre suas principais inovações. Confira!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-